A sua marca está preparada para o marketing do futuro?

Kiesing Human Brands

O Marketing-mix de 3 dias de Web Summit

Foram dois anos de transformações profundas no comportamento dos consumidores. Independentemente do sector da sua empresa, a verdade é que há novas tendências de marketing a que deve estar atento/a para definir os objetivos de 2022. Destacamos aqueles que mais ouvimos e vimos a serem discutidos no Web Summit da semana passada.

 

Sustentabilidade (o P de Planeta): Esta é a tendência central do Marketing dos próximos anos. E não se trata apenas de comunicação. Quando existe o desejo genuíno de contribuir para a sustentabilidade do Planeta, todo o marketing-mix é adaptado: preços, processos, produtos, distribuição, pessoas e comunicação. Por ser o maior desafio das marcas e da sociedade nos próximos 10 anos, nos briefings, aqui na agência, perguntamos sempre pelo P de Planeta. Pode parecer assustador, mas seja qual for a escala da sua marca, há várias ações de melhorias que podem ser implementadas e comunicadas. Com o tempo, a sustentabilidade será tão importante como a rentabilidade. Por agora, uma boa ideia é revisitar as suas escolhas de materiais e processos produtivos, o desperdício causado e os projetos de economia circular da sua comunidade.

 

Tecnologia (o P de Processos): Esta é a tendência mais complexa e abrangente. Para efeitos de marketing, vamos simplificar dividindo em três áreas distintas: a tecnologia que chamamos de “back office”, capaz de recolher, processar e organizar quantidades imensas de informação e transformá-la em dados, com recurso a inteligência artificial; a tecnologia de “arquitetura”, onde falamos de desenvolvimento de novos sistemas de ERP, CRM, shopping ou experimentação em realidade aumentada e /ou com tecnologia de imersão; e a tecnologia de “consumo”, que se refere às plataformas de criação e visualização de conteúdos e produtos (Social Media, Search, Gamming, E-commerce). Para que uma marca possa implementar uma estratégia de marketing eficaz é fundamental que conheça o potencial prático destes três tipos de tecnologia no seu negócio e implemente ações consistentes e coerentes, em, pelo menos, duas destas áreas. Em termos práticos, sem nunca desvalorizar o offline, o sucesso de uma empresa tem que estar alicerçado em marketing digital.

 

Diversidade, Inclusão, Flexibilidade (o P de Pessoas): Não é por acaso que grandes empresas identificam o recrutamento e desenvolvimento de talento como um dos maiores desafios das suas marcas. Há uma nova geração a chegar ao mercado de trabalho e, na generalidade, vem exigir às marcas que sejam, não só mais sustentáveis, mas também mais equitativas, inclusivas e flexíveis. Preferem ambientes remotos, menos formalidade e mais transparência nas políticas de responsabilidade social. Exigem, às suas empresas, que comuniquem e pratiquem valores de forma genuína. Estes são os consumidores do futuro e também os embaixadores mais importantes de cada marca. Ações concretas para adaptar a organização e o mix das marcas a estas “novas” necessidades devem ser incluídas no Plano de Marketing e Comunicação de 2022. Sendo um trabalho de mudança cultural, e por isso de longo prazo, é uma boa prática começar por um diagnóstico à estratégia da empresa, aos seus valores e às suas políticas.

 

Escuta, Conversa e Segmentação (o P de Proximidade)

A tendência da hiper-segmentação veio para tornar o marketing ainda mais desafiante. Conhecer os comportamentos das audiências para presumir preferências já não resulta. Para criarmos verdadeiras relações de fidelidade devemos trabalhar para descobrir a motivação que antecede os comportamentos. Resumindo “dont’ assume”, “ask and listen”. Medidas simples, como a recolha sistemática de feedback dos clientes, a cocriação e a avaliação de satisfação são bastante eficientes para começar neste caminho.

 

Procura apoio para o Marketing e Comunicação da sua empresa?

A equipa Kiesing Human Brands pode ajudar.

 

Marcas Humanas. Clientes felizes. 

www.kiesing.pt

+351 911 167 127